Terminei a matriz… E agora?

A análise por si só não tem serventia alguma. A avaliação de todos os fatores internos e externos relacionados ao seu negócio deve ajudar nas tomadas de decisão.

Portanto, agora que você já tem a matriz preenchida em todos os seus quadrantes, é hora de analisar os possíveis movimentos.

Mas como você transforma a matriz SWOT em ações e estratégias?

A dica é ver como as forças, as fraquezas, as ameaças e as oportunidades se relacionam entre si.

 

O objetivo é maximizar os pontos positivos e minimizar os negativos.

Por exemplo, olhe para as suas Forças e identifique como elas podem ajudar a potencializar o negócio aproveitando as Oportunidades identificadas.

As Forças da sua empresa também podem ajudar a minimizar os impactos das Ameaças.

Veja as possibilidades de estratégias combinando as informações levantadas:

Forças + Oportunidades
Quais pontos fortes da empresa podem ser usados para maximizar as oportunidades identificadas?

No caso da livraria, a amplitude da oferta maximiza a oportunidade de entrar nas vendas virtuais.

Então, você já seria capaz de tomar uma decisão estratégica: focar as mensagens publicitárias na grande variedade de livros.

Forças + Ameaças
Quais pontos fortes da empresa podem ajudar a minimizar o impacto das ameaças?

Por exemplo, a reputação da livraria pode reduzir a ameaça de entrar em um mercado com concorrência acirrada, já que a marca é consolidada.

Então, uma estratégia importante seria manter o mesmo nome e identidade visual na web.

Fraquezas + Oportunidades
Que ações você pode fazer para minimizar as fraquezas através das oportunidades levantadas?

O uso de smartphones para compras online é uma oportunidade importante, mas só será aproveitada se a empresa tomar uma ação: adotar um sistema de estoque integrado para todos os seus pontos de venda.

Fraquezas + Ameaças
Que ações você pode fazer para diminuir ou eliminar as fraquezas e minimizar o efeito das ameaças?

No caso da livraria, a falta de know-how, combinada à concorrência acirrada do mercado, é um problema grave.

Para reduzir esse impacto, uma ação importante seria contratar uma empresa especializada para estruturar a operação do e-commerce.

Pronto, agora sua análise está completa! Você já está munido de várias informações para tomar suas decisões com mais certeza.

Dicas extras para a sua análise!
Seja realista – mascarar a realidade só irá prejudicar a sua empresa.
Seja objetivo – explique em poucas palavras cada ponto, se necessário.
Evite listas muito longas – priorize os pontos por relevância para o negócio.
Combine com outras metodologias de análise de cenário e diagnóstico.
Conclusão
A análise SWOT é uma ferramenta prática e fácil de ser aplicada. Mas o processo pode não ser tão simples assim.

Identificar as fraquezas na própria empresa pode ser doloroso. Encontrar os dados para avaliar o ambiente externo demanda esforço da equipe.

Perceber que algumas ameaças podem colocar seus planos por água abaixo – e ainda assim manter a cabeça erguida – é um grande desafio.

Durante a análise, o empreendedor se depara com algumas verdades. Mas esse é o grande benefício da análise SWOT.

Em vez de dar os passos da empresa com base em achismos, o processo permite que se conheça a realidade, justamente para evitar desilusões no futuro.

No fim das contas, a análise SWOT resulta em um grande aprendizado sobre a sua empresa e o seu mercado.

Aproveite esta ferramenta não só para a tomada de decisões, mas também para conhecer a fundo o seu negócio e envolver seus colaboradores nesse conhecimento.

Reúna sua equipe, discuta cada aspecto que vimos, busque os dados, monte sua matriz. A análise SWOT será sua grande aliada no planejamento do seu negócio.

Se você quiser aprender ainda mais, leia o nosso post sobre o que é marketing. O artigo está super completo e traz vários detalhes interessantes sobre esta área. Confira!

Acessado em 28/03/2018

 

Artigo do blog Rock Content

Call the modal with data-remodal-id="modal"